OtimaNutri - Blog de Nutrição e Suplementos Alimentares

Conheça os Benefícios do Ômega 3 e Quando Vale a Pena Tomá-lo

Os benefícios do ômega 3 vão muito além da sua ação anti-inflamatória. Esse tipo de gordura também pode controlar os níveis de colesterol e glicemia, prevenir contra diversas doenças, fornecer o resguardo da memória, contribuir com a perda de peso e muito mais. 

Considerado um elemento essencial para uma dieta saudável, existem alguns cuidados quando se decide tomá-lo.

Neste artigo, você verá:

  • o que é e para que serve o ômega 3;
  • quais os benefícios do ômega 3;
  • quando vale a pena tomar esse nutriente;
  • suplemento ômega 3 – como tomar;
  • os efeitos do ômega 3 nos treinos.

O que é e para que serve o ômega 3?

O ômega 3 é um composto dos ácidos alfa-linolênico (ALA), eicosapentaenoico (EPA) e  docosa-hexaenoico (DHA). Todos são poli-saturados, ou seja, que não são produzidos pelo nosso organismo e precisam ser adquiridos por meio da alimentação. 

Como mencionado, existem três tipos. Veja onde eles podem ser encontrados:

  • DHA – encontrado principalmente em peixes de água salgada;
  • EPA – contido em todos os peixes em geral;
  • ALA – gordura de fonte vegetal encontrada na linhaça, chia, castanhas e algas marinhas.

Além disso, os três também podem ser consumidos em forma de cápsulas e suplementos que são vendidos em farmácias, drogarias e lojas de nutrição.

As propriedades desse nutriente fazem com que os benefícios do ômega 3 sejam diversos ao corpo de quem começa a tomá-lo, sendo altamente indicado para quem deseja manter uma boa nutrição e dieta balanceada.

Quais os benefícios do ômega 3?

Quando a membrana celular do indivíduo está repleta desses nutrientes oferecidos pelo suplemento, as funções as quais elas precisam desempenhar acontecem de forma mais rápida e completa.

Agindo também como um complemento de alguns componentes dos neurônios, o consumo desse composto também favorece a redução de ações inflamatórias, preservando ,assim, o sistema imunológico. 

Confira os principais benefícios do ômega 3 para o organismo:

Diminui o colesterol

De certa forma, esses ácidos modificam a composição química do sangue, provocando o aumento nos níveis de colesterol HDL (o considerado colesterol bom) e diminuindo os níveis do colesterol LDL (o colesterol ruim).

É ótimo para o coração

O EPA regula as atividades das plaquetas sanguíneas, evitando assim os coágulos de sangue, que podem levar a doenças como AVC (Acidente Vascular Cerebral), infarto e também reduzir os níveis de triglicérides. 

Além disso, o DHA ajuda a evitar arritmias cardíacas, estabilizando as atividades do coração.

Bom para a visão e para o cérebro

O ômega 3 também é responsável por causar a melhora no desempenho cognitivo das atividades do cérebro. Além disso, é essencial para a visão, porque contribui com o recobrimento da retina, a parte do olho que colabora no processo de enxergar.

Ajuda na pressão arterial

Esse suplemento é responsável por impedir que plaquetas de gordura apareçam nas paredes das artérias, afastando o risco do surgimento de doenças como hipertensão, infarto e derrames.

Ação anti-inflamatória

As propriedades anti-inflamatórias podem ser úteis no tratamento de doenças como inflamação intestinal ou artrite reumatoide. Ele reduz a produção de substâncias que causam inflamações e ajuda a prevenir danos celulares que podem levar ao aparecimento de tumores.

Quando vale a pena tomar ômega 3?

Para saber se você precisa tomar o suplemento de ômega 3, é recomendado consultar um médico ou nutricionista. As únicas contraindicações vão para as pessoas alérgicas a peixe e com hemofilia – uma doença hereditária causada pela deficiência de fatores de coagulação do sangue.

A variedade e disponibilidade de suplementos são bem grandes nos mercados, drogarias e farmácias, e o conselho dos especialistas é que o consumo não deve ser feito por impulso.

Isso porque cada um desses produtos tem a sua determinada formulação e quantidade, então é preciso saber qual seria o melhor para você antes de tomá-los.

Além disso, como citamos, o ômega 3 pode ser consumido por meio da alimentação. Alguns dos alimentos em que você pode encontrá-lo, são:

  • sardinhas;
  • pescadas;
  • anchova;
  • salmão;
  • caranguejo;
  • atum;
  • fontes de óleo vegetal;
  • oleaginosas (nozes e castanhas).

Suplemento ômega 3 – como tomar?

Como já falamos, consultar um médico ou nutricionista é muito importante antes de decidir tomar o ômega 3, pois ele dirá como deve ser feita a ingestão correta, sem excessos, pois, afinal, tudo em quantidade exagerada acaba fazendo mal à saúde.

É importante consumir o nutriente intercalando com alguma refeição, seja ela o almoço ou a janta. Também precisa ser ingerido quatro horas antes ou depois de exercícios físicos.

Cada organismo demanda a quantidade necessária para que esse suplemento apareça e dê os benefícios que ele está condicionado a oferecer, e isso varia de pessoa para pessoa também. 

A ingestão do suplemento de ômega 3 precisa ter periodicidade e ser de acordo com a sua dieta disciplinada. Desta forma, os efeitos serão garantidos.

Os efeitos do ômega 3 nos treinos

Para os atletas, esse nutriente mostra diversos benefícios na redução do desgaste físico e auxilia na prática de exercícios de maior intensidade. 

Isso acontece porque, como mencionamos anteriormente, esse composto possui alto teor anti-inflamatório, ajudando nas inflamações teciduais nos músculos causados pela musculação.

Com o seu consumo, é possível realizar mais séries de exercícios, em menos tempo e com mais segurança, influenciando em mudanças no corpo de forma mais significativa.

Agora que você sabe tudo sobre os benefícios do ômega 3, fique por dentro de tudo sobre o mundo dos suplementos alimentares aqui no blog da OtimaNutri!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Inscreva-se e receba nossas dicas e promoções!